Total 0,00 € (0)
 x 

O seu carrinho está vazio.

 Login     

  1  

set-anterior Pontos - Ilhós set-seguinte fechar

 

Os ilhós devem ser feitos um de cada vez. Quando mínimos e em tecidos leves, faz-se a cobertura do círculo desenhado no pano, forçando os fios e abrindo-o-buraco forçado pela passagem da agulha e da linha pela primeira abertura; e, assim, circulando-a. Há quem use o fura-ilhós para tal. Não são urdidos quando mínimos (fazem-se com 1 mm de diâmetro). Porém, a partir de um certo diâmetro, as bordadeiras que os fazem bem-feitos, deitam linha; isto é, cobrem a ponto cordão o círculo desenhado do ilhó sobre a linha deitada (urdida). Reporta-se à tradição continental do bordado de Tibaldinho, aparecendo nas mais antigas representações do bordado da ilha.